Remoendo Solidão - Navegante Das Gerais (VELAS 325911000482)

Aprenda a tocar viola, acesse Apostila de Viola Caipira Material de qualidade produzido por João Vilarim

A música Remoendo Solidão com composição de Zé Mulato, faz parte do álbum Navegante Das Gerais (VELAS 325911000482), que foi lançado em 1999 por Zé Mulato e Cassiano.

Letra da música Remoendo Solidão

Vi um casal de marrecos fazer a volta no ar
Para descer na lagoa no fundo do meu quintal
Me bateu um sentimento por ver esse lindo par
Do tempo do nosso amor comecei a recordar
Esse amor era tão lindo que dava inveja de olhar
Hoje aqui no sertão remoendo solidão
Só tristeza e paixão costumam me acompanhar

Um homem muito sozinho pode até ficar demente
E se for apaixonado no sertão principalmente
Tudo que passou na vida corre pela sua mente
Igual um filme que passa no seu subconsciente
No meu caso é saudade de alguém que vive ausente
Quando dorme a natureza eu padeço sem defesa
Mas, tendo a grata certeza que o sol brilha novamente

O canto do curiango numa baixada pertinho
Recua dentro da noite e me lembra que eu tô sozinho
Lança o seu piado triste um urutau o meu vizinho
O seu canto lamentoso me fere igual um espinho
É a dor da solidão é a falta de carinho
Vou morrer só de saudade não mereço essa maldade
Por uma futilidade ela deixou nosso ninho

No romper da madrugada a minha mágoa melhora
Passarada do bachinho faz alvorada lá fora
Sua algazarra inocente me acalanta nessa hora
Por instantes me esqueço da ingrata que foi embora
Noto que viver é lindo todo dia tem aurora
Sei que mal nenhum eu fiz minha consciência diz
Esperando ser feliz eu vou pela vida afora

Outras composições de Zé Mulato

we.digi - agência digital
Copyright © 2021 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira