E Os Dias Passaram

E Os Dias Passaram - João Vilarim/Nico

Quantas vezes eu quis dizer sobre aquela história
Quantas vezes eu quis mostrar seus momento de glória
Passados num vendaval seu corpo, sua mente, e coisa e tal

Tantos dias se viu passar como o vento levara
Tantas noites renunciar o velho pó da estrada
O passado é imortal, futuro e presente é natural

Mais tarde nos sentimos só com uma grande saudade
Outras vezes sentimos dó, dó de nossa vaidade
A fome é um grande mal, uns frutos somente no embornal

Voltar
we.digi - agência digital
Copyright © 2018 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira