Pelo Anjo Que Me Guia

Pelo Anjo Que Me Guia - João Vilarim

Eu venho lá do sertão, eu venho para lhe ver
E trago em minha bagagem um profundo bem querer
Eu venho de trás dos montes afogando meu penar
Eu vivo no azul do céu, da cor deste teu olhar

Plantando versos e flores, regando estrelas do céu
Querendo colher no encontro das vidas, o sabor do mel
Vivo estrada e poeira, do dia a dia renascer
Montado no esquecimento, novo sonho no amanhecer

Talvez minha ilusão, não é fácil compreender
O anjo que me guiava transformou-se em você
Teu corpo o molde das curvas que me trouxe a encontrar
Nos relevos desta Terra, das montanhas e do mar

Vou voltar pro meu sertão, não vim só para lhe ver
Vou levar em minha bagagem uma razão para viver
No caminho que me trouxe novo rastro se formou
Hoje volto acompanhado pela luz que me guiou

Voltar
we.digi - agência digital
Copyright © 2018 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira