Terra Abençoada

Terra Abençoada - João Vilarim

Tô de passagem nesta Terra abençoada
Cinco sentidos levo pra não esquecer
O doce encanto destes campos e horizontes
A lua cheia inspirando o envaidecer

Minhas palavras se perderam pelos contos
Minha expressão tornou-se bela de se ver
Aquele toque de viola exalando
Cheiro do mato sua relva amanhecer

Brilha um sol, grandioso céu azul
Tua verde mata encantando meu olhar
Passarinhada canta linda melodia
Sopro Divino como é bom este lugar

Aqui de longe vou acenando pra você
Noutras paradas mais além eu vou pousar
Sigo a trilha meu andar vou ruminando
Até mais ver quando a ti eu retornar
 

Voltar
we.digi - agência digital
Copyright © 2018 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira