Vôo Colibri

Vôo Colibri - João Vilarim/Nico

Muge a vaca preguiçosa
Canta meu galo brigador
Meu cachorro vira-lata
Abana o rabo quer saber aonde vou

Subir no morro ver o mundo todo abaixo
Esquecer do meu cansaço e da pequena Beija-flor
E fecho os olhos me enchendo de esperança
Sonhando que nem criança só eu sei pra onde vou

Ser curioso querer ver tudo de perto
Conhecer o colorido que a televisão mostrou
Passando o tempo vai chegando a minha hora
Na hora de ir embora vou deixar a beija-flor

Caranguejando passo a passo vou de lado
Como um peixe sangue frio por tudo me admirar
Batendo assas pra esse mundo tão sisudo
Um beija-flor quer beijar tudo tendo a vida pra sugar

Caso consiga embrenhar na profissão
Sanfona ou violão todos dois eu sei tocar
Se ao contrário se não for a minha sina
Peço a Deus que me ilumine a beija-flor vou procurar
 

Voltar
we.digi - agência digital
Copyright © 2018 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira