A Noite Do Nosso Amor (LP 100010) - (1977) - Abel e Caim

Para ver a lista de músicas, clique na lista abaixo.

A Mulher Mais Bonita Do Mundo
Um pobre menino de cinco ou seis anos
Estava perdido na rua vagando
Ao lhe perguntarem aonde morava 
Ele não sabia o que estava falando

Quando perguntaram que era sua mãe
Ele respondeu com a voz muito triste
A minha mãezinha parece uma santa 
E é a mulher mais bonita que existe

Através do rádio o dia inteiro
Os programadores fazia um pedido
Se alguém conhecesse a mulher bonita 
Que tinha um filho desaparecido

Chegou de repente uma pobre mulher
Os dois se abraçaram em ânsia em finda
Aquela senhora de rosto enrugado 
Era pra ele a mulher mais linda

Apesar de ser um homem formado 
Eu penso igual aquele menino
Como é bonito o rosto um de mãe
Que foi a origem de nosso destino

A minha mãezinha tem cabelos brancos 
O rosto cansado e olhos profundos 
Mas para o concurso do meu coração
Ele é a mulher mais bonita do mundo

Viva Os Noivos
Hoje é o dia de muitos louvores
Todos cheios de contentamento
A igreja enfeitada de flores
Para mais um feliz casamento

Os padrinhos e os convidados
Já aguardam o grande momento
Quando os noivos no enlace sagrado
Vão fazer o seu juramento

Ao entrar a noivinha na igreja
Mais feliz não existe ninguém
Nós pedimos que deus a proteja
E abençoe o noivo também

Viva o noivo e a noiva querida
Damos viva a família dos dois
Esta data risonha e florida
Será sempre lembrada depois

Muitos votos de felicidade
Desejamos com satisfação
E que Deus com a sua bondade
Fala eterna esta santa união

Ao entrar a noivinha na igreja
Mais feliz não existe ninguém
Nós pedimos que deus a proteja
E abençoe o noivo também

A Noite Do Nosso Amor
Nesta noite fria não deixe seu corpo sem cobrir
Encoste-se em mim porque em teus braços quero dormir
Me abrace me beije deixe os problemas para depois
Não diga nada deixe o silêncio falar por nós dois

Essa é a nossa noite tão sonhada
Por isso nessa noite não penso em mais nada
Vamos viver nosso amor sem medo de amar
Não importa se o mundo lá fora vai nos censurar

Encoste seu corpo no meu com todo calor
E vamos viver a noite do nosso amor
E vamos viver a noite do nosso amor

O Milagre Da Traição
Numa cidade do norte esse fato foi se dado
Um homem tinha somente ano e meio de casado
Tão depressa esqueceu o juramento sagrado
Toda noite ele saía posava na boêmia
E voltava embriagado

Toda noite a mesma sena quando o marido saia
Ela entrava no quarto e chorando a Deus pedia
Que livrasse seu marido daquela mal companhia
Pobre mulher indefesa deitava de luz acesa 
E rezando adormecia

Desconfiando da esposa ele começou a rondar 
Pela fresta da janela deu pra ele enxergar
O vulto de outro homem deitado em seu lugar
Entrou na casa correndo sacou da arma tremendo 
E atirou para matar

Esse homem nesta hora ficou meio alucinado 
Quando viu o traidor em quem havia a tirado 
Era uma pequena imagem de Jesus crucificado
Que a mulher no abandono rezando pegou no sono 
Deixou cair ao seu lado

Desse dia em diante esse homem arrependido
Para Deus pediu perdão dos seus erros cometidos
O milagre da traição salvou um lar destruído
Hoje neste mesmo leito dorme um homem de respeito
Um bom pai e um bom marido

Porta Do Coração
Não adianta mais bater no aporta do coração
Ele não vai lhe atender e com muita razão

Deus escreve direito em linhas tortas
É o ditado mais certo que conheci
Meu coração pra você fechou as portas
Para livra-me de uma dor que já sofri

Meu coração foi quem agüentou as pontas
De falsidade e humilhação até
Lhe dei a mão e você no fim das contas
Só tratou meu coração a ponta pé

Não adianta mais bater no aporta do coração
Ele não vai lhe atender e com muita razão

A vida é esmo assim, pois tudo passa
Você também pro meu coração passou
O nosso amor foi igual a uma fumaça
Que o vento pra muito longe levou

Não adianta você está perdendo tempo
Você já teve muitas chances e perdeu
Hoje em matéria de amor por um exemplo
Você é o jornal que o me coração já leu

Laço Do Boi Soberano
De São Paulo a Goiás um fazendeiro seguia
O dia estava chuvoso a pista escorregadia
Seu automóvel de luxo na chuvarada rompia
E chegando no rio grande pra fazer a travessia
Numa forte derrapada saiu fora da estrada e dentro do rio caia

Lutando desesperado do seu carro ele saiu
O seu grito de socorro de longe um pião ouviu
Galopando seu cavalo o fazendeiro ele viu
Entre as chuvas que caía com firmeza conseguiu
Jogar seu laço ligeiro e laçando o fazendeiro arrastou fora do rio, ai

O fazendeiro tremendo com a vos entrecortada
Foi agradecendo o peão contando a vida passada
É a segunda vez que vejo minha vida ameaçada
Na minha saudosa infância que sempre será lembrada
Na cidade de Barretos fui salvo por um boi preto de um estouro de boiada

O peão disse esse boi que o senhor esta falando
Há muito tempo morreu, mas a fama vai ficando
E mesmo depois de morto continua lhe salvando
Ele deixou seu valor, ai, neste meu laço leviano
Este laço é meu tesouro ele foi feito do couro do famoso Soberano

Seis Horas Da Tarde
Dizem que todas as pessoas que sofrem apaixonadas
Há um momento na vida que sentem paixão dobrada
É nessa hora quem vem a dor cruel da saudade
E esse momento tão triste é sempre às seis horas da tarde

Ouvindo o sino da igreja tocar
Ouvindo cigarras cantando também
Sentindo a magoa no peito a queimar
Não há quem não sinta saudade de alguém

Seis horas da tarde eu me sinto no mundo o mais infeliz
Lembrando da mulher querida que foi minha vida e nunca me quis
Seis horas da tarde ao voltar do trabalho ao entrar em casa me lembro dela
Ela não está comigo, mas meu coração está com ela

Ouvindo o sino da igreja tocar
Ouvindo cigarras cantando também
Sentindo a magoa no peito a queimar
Não há quem não sinta saudade de alguém

Da Boca Pra Fora
O amor para nós dois foi um fracasso total
Em nossa vida conjugal nunca houve compreensão
Mas existe uma inocente que é nossa filha legítima
Ela não deve ser vítima da nossa desunião

Ela não deve saber que entre nós na verdade
Não há um pingo de amizade nenhuma gota de amor
Vamos viver o papel de uma vida feliz
Você vai ser a atriz e eu serei o ator

Da boca pra fora
Vou te abraçar e te beijar na frente dela
Com sua ajuda quero demonstrar a ela
Um grande amor que igual nunca foi visto

De boca pra dentro
Minha vontade é te mandar nem sei pra onde
Da mesma forma sua boca me responde
Num beijo falso como Judas deu em Cristo

Samba Do Adeus
São quatro horas da madrugada
Meu bem porque veio tarde assim
Você entra no samba da orgia
Emenda a noite e o dia nem se quer lembra de mim

O galo está cantando o dia vai amanhecer
Deixa eu me retirar eu preciso acostumar viver longe de você

Pra que tantas promessas
Pra que juramento e não cumprir
Você vai sentir a minha ausência
E a voz da consciência não vai lhe deixar dormir

O galo está cantando o dia vai amanhecer
Deixa eu me retirar eu preciso acostumar viver longe de você

Agora chegou a hora
Quem vai cair no mundo sou eu
Não conte pra ninguém que eu chorei
E até agora lhe esperei para lhe dizer adeus

O galo está cantando o dia vai amanhecer
Deixa eu me retirar eu preciso acostumar viver longe de você
 
Terra Santa
O sertão a onde eu moro parece uma terra Santa
A natureza desperta na hora que o galo canta
De manhã eu vou pra roça pra cuidar da minha planta
De longe beirando a estrada vejo minha namorada
Caboclinha delicada quem bem cedinho levanta

Essa linda flor do campo me fascina e me encanta
Pensando em nosso futuro minha força se agiganta
Minha lavoura este ano não é por contar garganta
Se Deus do céu me ajudar que a chuva não faltar
Minha safra vai lotar meia dúzia de jamanta

Eu sustento o que eu falo prosa mole não adianta
Já marquei o casamento pro fim da semana santa
Vou matar quatro garrotes, leitoas eu não sei quantas
Vou fazer um impalizado bem coberto de encerado
Vai ter violeiro afamado pra cantar depois da janta

Pensando em dois casados minha alegria é tanta
A felicidade dela de tão grande me espanta
Vou trazer a moreninha bem pra cá do rio da anta
Esse é o meu sonho de amor quando chegar esta flor
Tudo vai ter mais valor nesta minha terra santa

Meu Amor, Minha Vida
Nossas brigas, meu bem é castigo
Você briga eu não sei por que
Você é meu amor, minha vida
Eu não posso viver sem você

Desconfio de algumas intrigas
De alguém que não quer nosso bem
Tenha mais confiança comigo
Eu não troco você por ninguém

Me dá um beijo e um abraço
Porque hoje eu vou viajar
Mas sua imagem segue em meus passos
Eu já saio pensando em voltar

Quando eu vou você fica rezando
Esperando que eu volte feliz
Quando eu chego esta sempre chorando
Por que é você nunca diz

Não adianta meu bem ter ciúme
Que talvez se arrependa depois
O que eu faço em tudo se resume
Simplesmente a bem de nós dois

Me dá um beijo e um abraço
Porque hoje eu vou viajar
Mas sua imagem segue em meus passos
Eu já saio pensando em voltar

Primeiro De Abril
Uma jovem muita linda que muito longe morava
As cartas do seu amado ansiosa esperava
Tremia de emoção quando uma carta chegava
Ao ler as frases de amor seu coração sonhador de alegria até chorava

Um dia chegou uma carta, sorrindo ela abria
Ao ler as primeiras frases morreu sua alegria
O seu castelo de sonhos destruiu naquela dia
Morreu toda ilusão no golpe da confissão que a carta lhe fazia

"Esta é a última carta que receberás de mim
É a voz do coração que me obriga agir assim
O amor entre nós dois agora ao fim
Eu vou me casar com outra que gosta muito de mim.”

A moça desiludida com o golpe que sentiu
O seu coração ferido tanta dor não resistiu
Seu noivo enlouqueceu, porque a carta mentiu 
Fala sozinho e delira Maldizendo a mentira era primeiro de abril

Músicas do álbum A Noite Do Nosso Amor (LP 100010) - (1977)

Nome Compositor Ritmo
A Mulher Mais Bonita Do Mundo Nelson Gomes / Timóteo Toada Ligeira
Viva Os Noivos Nelson Gomes / Abel Valsa
A Noite Do Nosso Amor Jack / Abel Ritmo Jovem
O Milagre Da Traição Jesus Belmiro / Timóteo Cururú
Porta Do Coração Waldemar F. Assunção / José Russo Cateretê
Laço Do Boi Soberano Jesus Belmiro / Caim Moda de Viola
Seis Horas Da Tarde Waldemar F. Assunção Valsa
Da Boca Pra Fora Lourdes Santos / Benedito Seviero Bolero
Samba Do Adeus Cláudio Balestro / Robson Garcia Samba Caipira
Terra Santa Abel / Timóteo Pagode
Meu Amor, Minha Vida Nonô Basílio Valsa
Primeiro De Abril Jesus Belmiro / Timóteo Cateretê
Compartilhe essa página
Aprenda a tocar viola, acesse Apostila de Viola Caipira Material de qualidade produzido por João Vilarim