O Ranchinho do Alvarenga (LPNG 4019) - (1958) - Alvarenga e Ranchinho

Para ver a lista de músicas, clique na lista abaixo.

Este amigo de vocês foi surpreendido com o convite, entretanto, falar sobre Alvarenga e Ranchinho é tarefa das mais fáceis.

A pronúncia destes dois nomes intimamente ligados, faz parte da história do show business brasileiro. Ainda me recordo das noites de êxitos inesquecíveis no Tênis Club de Petrópolis – para não citar somente a Urca do período de ouro – quando Alvarenga e ranchinho, Os Milionários do Riso, eletrizavam as plateias selecionadas com suas blagues e criações artísticas inimitáveis.

Ao lado de Pedro Vargas, Elvira Rios, Carlos Ramirez, Martha Eggerth, Jan Kiepura, Bing Crosby e de todos os grandes astros internacionais que pisavam terras brasileiras para mostrar suas esperadas qualidades de artes. Lá estavam, Alvarenga e Ranchinho, fazendo figura, dando seu show, como se dizia, a querida dupla da nossa música popular, que se tornou imprescindível em qualquer espetáculo de primeira classe da década 1940-50 no Brasil.

Este LP, numa feliz iniciativa da POLYDOR, valorizando nossos ritmos e também nossa gente musical, traz as vozes de Alvarenga e Ranchinho no mesmo papel e do mesmo valor, nos cantando coisas de ritmos no nosso bom e generoso Brasil.

Músicas e interpretações para agradar a todos, da cidade e do interior, são encontradas aqui, neste trabalho da famosa dupla de cantadores, Alvarenga e Ranchinho, e também autores de suas próprias canções: xotes, baiões, rancheira, calangos, cateretês, todas, cururus, cana verde, etc., confirmando sua versatilidade, um boleto moderno, são encontrados neste LP, um justo prêmio a esta dupla de artistas que integrou uma época como disse no início, que faz parte da história dos espetáculos de arte de nossa terra.

Estes ritmos encontrados nas faixas do presente microssulco, e selecionadas com todo carinho por seus intérpretes, Alvarenga e Ranchinho, dizem bem da riqueza e da variedade do nosso fabuloso e internacionalmente acatado, cancioneiro popular. São ritmos de dança e canto das mais diversas regiões do país, emoldurados em arranjos simples e funcionais.

A gravação obedece as mais modernas exigências da alta fidelidade, o que sem dúvida alguma vem valorizar, mais ainda, a arte e o talento desta dupla da velha guarda.

O Ranchinho do Alvarenga é, portanto, um dos maus importantes lançamentos desta temporada, pois, serve para divulgar alguns ritmos ainda pouco conhecidos do grande público e marca também a estreia da dupla na etiqueta POLYDOR.

Neste ponto deixo entregues a vocês a simplicidade, a ingenuidade, a arte musical e as personalidades de Alvarenga e Ranchinho.

Haroldo Eiras. (Texto extraído do LP O ranchinho Do Alvarenga (releitura do álbum de 1958).

Músicas do álbum O Ranchinho do Alvarenga (LPNG 4019) - (1958)

Nome Compositor Ritmo
Bandeira Paulista Ranchinho / Alvarenga
Número Dos Bichos Ranchinho / Alvarenga
Viola De Pinho Ranchinho / Alvarenga
Desafio Ranchinho / Alvarenga
Tá Bom Ou Não Tá Ranchinho / Alvarenga
Fazenda Da Saudade Alvarenga
Volta Geraldo Serafim / Alvarenga / Ranchinho
Tá No Papo Ranchinho / Alvarenga
Visitando Amigos Ranchinho / Alvarenga
Carreiro Bom Ranchinho / Alvarenga
Mariazinha Alvarenga
Rimando Nome Ranchinho / Alvarenga
Quatro Festas Ranchinho / Alvarenga
Compartilhe essa página