Aprenda a tocar viola, acesse Apostila de Viola Caipira Material de qualidade produzido por João Vilarim

A música Tarde Sertaneja com composição de Zé Mulato / Sentinela, faz parte do álbum Sangue Novo (VBS 7898344380001), que foi lançado em 2001 por Zé Mulato e Cassiano.

Letra da música Tarde Sertaneja

Como é bonita uma tarde sertaneja
Quando o sol vai se escondendo formando língua arrebol
E a cabocla com seu vestido de chita
Fica ainda mais bonita exposta aos raios de sol

Que despedindo o sol do mês de agosto
Vai beijando aquele rosto sumindo na imensidão
E o caboclo admira sua amada
Na tardinha perfumada pelo aroma do sertão

E apaixonado com este quadro perfeito
Põe a viola no peito e canta esta canção
Não há ó gente ó não luar como este do sertão
Não há ó gente ó não luar como este do sertão

Mais uma hora e a lua cheia prateada
Surge longe na chapada com a pose de rainha
E lança luz nas flores que vão se abrindo
Talvez esteja sentindo ciúmes da caboclinha

Que nessa hora com a brisa nos cabelos
Acarinhando com desvelo seu caboclo seu varão
Que mais uma vez põe a viola no peito
E os dois cantam em dueto envolvido de emoção
Neste ambiente de ternura e nostalgia
Embebidos da poesia do Catulo da paixão

Não há ó gente ó não luar como este do sertão
Não há ó gente ó não luar como este do sertão

we.digi - agência digital
Copyright © 2021 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira