Aprenda a tocar viola, acesse Apostila de Viola Caipira Material de qualidade produzido por João Vilarim

A música Poesia Não Se Vende com composição de Zé Mulato / Cassiano, faz parte do álbum Sangue Novo (VBS 7898344380001), que foi lançado em 2001 por Zé Mulato e Cassiano.

Letra da música Poesia Não Se Vende

Poesia não se vende então não fale em dinheiro
Não sei se cantar é sina e nem de que sou herdeiro
Mas meu destino é cantar fazer poesia simplória
Semelhante aos passarinhos só cantar é minha glória
Não sei quem foi o poeta que com um nó na garganta
Disse um dia apaixonado quem canta seu mal espanta
Vivo distante da fama nem preciso muito dela
Simples como a flor do campo eu levo essa vida tão bela
 
Cantando coisas tão simples tento fazer minha história
Sentimentos e paixões povoam minha memória
Mas nenhum deles conseguem me roubar a alegria
Se alguma mágoa me amola eu transformo  em cantoria
Não sei quem foi o poeta que com um nó na garganta
Disse um dia apaixonado quem canta seu mal espanta
Vivo distante da fama nem preciso muito dela
Simples como a flor do campo eu levo essa vida tão bela
 
Todo dia peço a Deus que me permita seguir
Levando ao meu semelhante a vontade de sorrir
E se não for pedir demais deixe que eu morra cantando
Quero despedir sorrindo porque já nasci chorando
Não sei quem foi o poeta que com um nó na garganta
Disse um dia apaixonado quem canta seu mal espanta
Vivo distante da fama nem preciso muito dela
Simples como a flor do campo eu levo essa vida tão bela

Outras composições de Zé Mulato / Cassiano

we.digi - agência digital
Copyright © 2021 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira