Divino Reis e Deny Ringo

Alguns detalhes da dupla Divino Reis e Deny Ringo

Divino Reis e Deny Ringo - Conheça um pouco desta maravilhosa dupla.

Na nova safra de valores sertanejos, surge esta dupla Divino Reis e Deny Ringo, que merece destaque especial, pelos seus dotes naturais interpretativos, reunindo lindas canções e entoadas com verdadeira inspiração.

Estamos nos referindo a Divino Reis e Deny Ringo, jovens interpretes nascidos e criados no interior paulista e que já desde pequeninos sonhavam em empunhar a viola e cantar para os amigos mais chegados, atraindo entretanto, caboclos das mais distantes localidades que se locomoviam e se faziam presentes para aplaudi-los.

Eram sonhos de fato e de fato tornaram-se realidade pois tudo o que fora sonhado por Divino Reis e Deny Ringo, não muito demorou para se concretizarDivino Reis e Deny Ringo

Divino Reis, cujo nome de batismo é Virgustino Daniel, é natural de São Pedro, município de Piracicaba, faz segunda voz e executa a viola, sendo que nos espetáculos da dupla faz a plateia vibrar com magníficos solos deste dificílimo instrumento, e é ainda autor de todas as músicas deste disco.

Deny Ringo, chama-se na vida real Benedito Osvaldo Vieira, filho de Jaú, responsável pela primeira voz e quem cuida dos interesse comerciais da dupla.

Neste seu disco de estreia no mercado fonográfico de Divino Reis e Deny Ringo, podemos salientar dentre as 12 composições aqui inseridas: Realizado; Boiadeiro e Tradição; Eterna Lembrança de Um Ídolo, esta homenagem póstuma ao grande artista Belmonte, recentemente falecido em um desastre automobilístico.

Eterna Lembrança De Um Ídolo (Divino Reis)

 

 

Divino Reis e Deny Ringo sempre foram batalhadores incansáveis e procuraram apresentar-se impecavelmente para seus admiradores, mas faltava-lhe ainda o principal: a patente de suas interpretações em disco, o que somente lhes fora concedido graças ao apoio recebido por parte de Chaninho e Zacarias Mourão. Defensores incontestes da música regional.

Aprecie-o amigo discófilo a autenticidade e gosto apurado desta dupla: Divino Reis e Deny Ringo, que cantam com o coração, não apregoado para apelações berrantes e descabidas, resultando portanto, numa das poucas existentes que não visam exclusivamente s comercialização de sua arte, o que é dignificante e merecedor de todos os júbilos e exaltações. João Borges.

(Texto extraído do LP: Nunca E Tarde Demais -1976 - Gravadora Pé De Cedro).

Discografia de Divino Reis e Deny Ringo

 

Você quer aprender a pontear a viola caipira?

Acesse meu material didático:

apostiladeviolacaipira.com.br

 


 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário