Sertão Do Laranjinha - Tonico E Tinoco - 78 RPM 1945

Aprenda a tocar viola, acesse Apostila de Viola Caipira Material de qualidade produzido por João Vilarim

A música Sertão Do Laranjinha com composição de Capitão Furtado / Tonico / Tinoco, faz parte do álbum Tonico E Tinoco - 78 RPM 1945, que foi lançado em 1945 por Tonico e Tinoco.

Letra da música Sertão Do Laranjinha

No sertão do laranjinha escute o que eu vou dizer
Foi um causo verdadeiro que eu vou contar pra você
O senhor Francisco Neves tinha muito bom viver
Levou cachorrada e armas que podiam lhe valer
E o sertão do laranjinha lá foi ele conhecer

 
Um dia de tardezinha era já no escurecer
Veio a caçula correndo a chorar e a tremer
Ai, mamãe vamos embora se nós não quisermos morrer
Que papai e meus irmãos ai, mamãe nem posso crer
Tão na batalha de bugres e é impossível de vencer
 
Mas a mãe desesperada nem não pode se conter
Correu e pegou uma arma pra a sua gente defender
Ela pegou a espingarda manobrando sem saber
Mas parece que o destino veio pra lhe proteger
Cada tiro que ela dava fazia um bugre gemer
 
Os bugres tem capitão ela pode conhecer
No alto de uma peroba fazia os outros ferver
Ela puxou o gatilho fumaça nem deixou ver
Ele já se despencou, desceu mesmo sem querer
O sinal que fez na terra não vai desaparecer
 
Vendo o capitão já morto saíram os bugres a correr
Francisco Neves ferido tava atrás de um pé de ipê
Ele junto com os três filhos pra não chegar a morrer
No sertão do laranjinha até costumam dizer
Só por milagre divino é que podia acontecer

Outras composições de Capitão Furtado / Tonico / Tinoco

we.digi - agência digital
Copyright © 2019 Todos os direitos reservados: João Vilarim | Ponteio Caipira